Entre batatas e câmeras

Entre batatas e câmeras

Sonia Racy

11 Setembro 2016 | 00h15

Clarice Reichstul começou a fazer varenikes – receita à base de batata, muito popular na Polônia – para atender pedidos de amigos usando receita da sua avó Wala. Com o tempo, foi desenvolvendo a própria. E assim, a escritora e cineasta tomou gosto pelas caçarolas e expandiu a linha de produtos vendidos pelo Facebook. Hoje, a filha de Philippe Reichstul (o ex-presidente da Petrobrás também cozinha) faz geleias orgânicas, bolos e sopas. O hit é o Socorro, mistura de vegetais picados conservados em sal, que é a base para caldos, sopas e refogados. Como o nome diz, o produto pretende ser o salvador das dietas e cozinheiros.