Entidades denunciam sistema prisional brasileiro na OEA

Sonia Racy

22 Março 2017 | 15h24

O sistema prisional brasileiro será denunciado nesta quarta-feira (22), na audiência da Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA em Washington, por 32 organizações nacionais e internacionais. As entidades vão apresentar informações sobre tortura, maus-tratos, más condições de higiene e saúde, encarceramento em massa e superlotação presídios do País.

Outro alvo das organizações é o “uso sistemático das prisões provisórias”, que chegam a 41% segundo os dados do relatório da denúncia.