Ensurdecedor

Sonia Racy

12 de setembro de 2011 | 23h09

Fecha-se o cerco contra as vuvuzelas na Copa do Mundo de 2014. Ontem, em evento na Fiesp, Ben Groenewald, chefe-geral da polícia da África do Sul, criticou o uso do brinquedo nos estádios.

Sugeriu até que o Brasil proíba o cornetão. Entre outros inconvenientes, o zunido pode encobrir os avisos de segurança durante os jogos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.