Empresários contam que estão sendo pressionados por sindicatos

Sonia Racy

26 Maio 2018 | 01h00

Temerosos, empresários ouvidos por esta coluna contam – em sussurros – que estão sendo pressionados pelos respectivos sindicatos de trabalhadores. Ao perderem também a remuneração fixa dos sindicatos patronais na reforma trabalhista, representantes dos funcionários estão exigindo pagamento da contribuição sindical das empresas – que, legalmente, se tornou optativa.

Caso contrário… greve.

Em lugar de, assim, “chantagear” a classe patronal, os sindicalistas deveriam trilhar o caminho da conquista de seu associado: o trabalhador, a quem representam.

Assim, ele, espontaneamente, em reconhecimento à atuação de seu sindicato, certamente iria voltar a contribuir.

Leia mais notas da coluna:

Iniciativa privada teme que greve seja gatilho de atos como os de 2013

Cármen Lúcia esquece de abastecer o carro