Emperrada?

Sonia Racy

22 de janeiro de 2014 | 01h02

Calculadora na mão, Paulo Skaf fez as contas e descobriu que, do orçamento de 2013, Haddad só gastou um terço. “A Prefeitura tem R$ 9 bilhões em caixa hoje”, diz o candidato do PMDB ao governo do Estado.

A bem da verdade, também Alckmin só conseguiu gastar um terço do planejado.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.