E=MC²

Sonia Racy

28 de março de 2014 | 01h03

É matemática pura e simples, segundo conselheiros do Timão. Cotadas entre R$ 50 milhões e R$ 70 milhões, as estruturas temporárias do Itaquerão para a Copa custam mais do que um ano inteiro de bilheteria do time. “Por isso o impasse entre clube, Fifa e poder público”, explica fonte da coluna no Parque São Jorge.

Jérôme Valcke tem reunião hoje com a Odebrecht para tentar destravar o assunto.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.