Em pauta

Sonia Racy

15 de novembro de 2014 | 01h07

Maria Elizabeth Rocha, presidente do Superior Tribunal Militar, sugeriu e Henrique Eduardo Alves aceitou. A Câmara discutirá a reforma do Código Penal Militar, datado de 1969.

O grupo de trabalho terá dez integrantes – seis parlamentares e quatro juristas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.