Em nome delas

Sonia Racy

10 de julho de 2013 | 01h05

Como reforço à Lei Maria da Penha, a OAB propôs ao TJ-SP convênio para que advogadas trabalhem nas Delegacias da Mulher. Quer que as denúncias de violência contra elas se tornem processos.

Na maioria das vezes, os registros de agressão não avançam após o boletim de ocorrência.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.