Em nome da paz

Sonia Racy

28 de novembro de 2013 | 01h01

Roberto Duailibi organizou almoço, ontem, em torno do professor e filósofo libanês Edward Joseph Alam – na casa da artista Denise Milan.

A ideia do encontro – que contou com a presença de Ana Estela Haddad, das professoras Maria Arminda do Nascimento Arruda (USP) e Soraya Soubhi Smaili (Unifesp) – foi discutir e promover o diálogo, tendo o Líbano como ponto de partida. Conselheiro no Fetzer Institute e diretor de Relações Internacionais na universidade Notre Dame, em Beirute, o professor falou brevemente sobre o projeto de fazer do Líbano a “capital do diálogo” no Oriente Médio. E chamou a atenção para a importância do apoio das comunidades libanesas da diáspora, especialmente a do Brasil.

Para tanto, Denise e Olgária Matos já organizam um seminário, a ser realizado dias 9 e 10, na Biblioteca Mário de Andrade, com a participação de 13 palestrantes – que devem discutir as questões da coexistência e da paz na região. /MARILIA NEUSTEIN

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: