Em marcha

Sonia Racy

03 de maio de 2012 | 01h07

Os importadores não aguentam mais esperar até 20 dias pela liberação de mercadorias nas aduanas brasileiras. Tanto que Gustavo Dedivitis, presidente da Abcon, segue hoje para Brasília levando reclamação formal do setor.

Apresentará, no Ministério do Desenvolvimento, opções à Operação Maré Vermelha – que está à caça de subfaturamento de produtos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.