Em caixa

Sonia Racy

31 de julho de 2014 | 01h02

A Fazenda estadual fez as contas: desde março de 2013, já entraram nos cofres de SP cerca de R$ 7,7 bilhões provenientes do Programa Especial de Parcelamento do ICMS.

E outros R$ 15,6 bilhões foram renegociados pelos contribuintes. O prazo para adesão ao PEP termina em um mês.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: