Em ação no TSE, Novo acusa PT de propaganda irregular

Sonia Racy

18 Setembro 2018 | 00h50

FERNANDO HADDAD

FERNANDO HADDAD. FOTO: PAULO GIANDALIA

O partido Novo acusou o PT no TSE, na quinta-feira, de propaganda irregular com a mensagem “Haddad é Lula”, veiculada em propagandas do partido. Para o Novo, as peças dão a entender que Lula ainda está na disputa.

Leia mais notas da coluna:
País parece ’embarcar na canoa errada de novo’, diz Ney Matogrosso
Vera Fischer e Barbara Paz em campanha na TV contra assédio