Elementar

Sonia Racy

26 de novembro de 2010 | 23h03

Com Passione chegando ao fim, e todo mundo querendo saber quem matou Saulo, a pressão é grande sobre Silvio de Abreu. O autor dá uma só dica à coluna: o assassino foi definido no começo da novela para não haver problemas de coerência no enredo.

É, Sherlock Holmes, teria desvendado o mistério…

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: