Voto em Trump, ‘vingança’ de pobres contra políticos

Sonia Racy

10 de novembro de 2016 | 00h35

Brad Brooks, jornalista americano que fez palestra no evento organizado pela AmCham, deixou um outro tipo de recado. Ele entende que Donald Trump vai ser mais duro do que seria Hillary Clinton nas relações (em especial, comerciais) com o Brasil. “Em campanha ele já avisou que, s eleito, iria rever acordos e estratégias de todos os tipos.”

Brooks define o enorme apoio a Trump registrado em todo o país como “uma onda de raiva” de milhões de americanos pobres contra os políticos, porque eles  “não melhoraram em nada suas vidas”.

E advertiu: essa onda vem tomando corpo há muitos anos e “não vai passar” tão fácil.