Ele, suíço-alemão

Redação

22 de agosto de 2009 | 06h00

Antonio Fagundes foi inflexível, anteontem, na estréia de sua peça na Faap. Mesmo ante a chuva implacável que bagunçou com o trânsito da cidade, mandou fechar as portas do teatro às 21 horas em ponto. E ninguém mais entrou.

Aos “restos” dos espectatores retardatários restou… arrumar outro programa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.