Ele, ela

Sonia Racy

05 de março de 2016 | 01h05

Questionada ontem sobre se Fernando Haddad iria ao diretório do PT encontrar Lula, a assessoria do prefeito disse que não. E também que ele não ligaria para o padrinho político, que acabava de sair de um interrogatório da Polícia Federal.

A noite, no entanto, o prefeito foi vê-lo no Sindicato dos Bancários.

Já a primeira-dama, Ana Estela, não demorou para postar solidariedade ao ex-presidente, nas redes, com direito a foto dele.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.