Efeito cascata

Sonia Racy

13 de novembro de 2014 | 01h10

Pelo menos uma das vítimas de Roger Abdelmassih vai receber indenização por abusos sofridos durante tratamento para engravidar. A decisão, da 6ª Câmara de Direito Criminal de SP, não fixa o valor a ser pago. Porém, estabelece que a moça terá direito a, no mínimo, o dobro do que desembolsou. O processo corre em segredo de Justiça.

Com base na sentença, a defesa de grupo grande de mulheres atendidas pelo ex-médico entrou, ontem, com recurso pedindo para que os efeitos da decisão sejam estendidos – e que todas possam, também, receber indenização. “É preciso haver tratamento igualitário”, diz o advogado Sergei Cobra Arbex.

Efeito 2

A Justiça reconhece que houve pelo menos 39 vítimas de Abdelmassih – mas muitos casos já prescreveram.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.