Ecos do debate

Sonia Racy

06 de agosto de 2010 | 23h09

Indio da Costa, o vice de José Serra, saiu de hospital do Rio, onde estava internado, para assistir in loco ao debate da Band, anteontem. E para lá voltou de helicóptero assim que o evento acabou.

Sentado na plateia na área reservada aos tucanos, do lado esquerdo, Indio não desgrudou do BlackBerry. Abasteceu seu Twitter com provocações a Dilma Rousseff: “Dilma gagueja em suas respostas”, postou. Também gripadíssimo, José Eduardo Dutra, presidente do PT, segurou a tosse enquanto pode até que saiu do estúdio para se recuperar. A produção chegou a oferecer-lhe ajuda médica, que foi prontamente recusada.

Se os dois fizeram um esforço para estarem lá, o mesmo não aconteceu com Quércia e Aloysio Nunes Ferreira. Antes do debate começar, foram flagrados pela coluna combinando de sair antes do fim. “Em casa vejo melhor”, disse Nunes Ferreira. O que de fato aconteceu. Entre os convidados, despercebida, Mayara, filha de Marina Silva. Quem prestou atenção, no entanto, fez logo a relação: bela e maquiada, ela é uma versão jovem da mãe. Ao lado de Guilherme Leal, no espaço reservado aos verdes, acompanhou cada fala de sua candidata com entusiasmo. Os petistas, aliás, ocuparam o lado direito da plateia. Incluindo aí o aliado Paulo Skaf, cujos assessores faziam questão de frisar que ele havia sido convidado por Dilma.

Assim que chegou no estúdio, ao lado de sua mulher, Monica, Serra foi recebido por Aécio Neves. O ex-governador mineiro encostou as mãos nos braços do correligionário e cochichou em seu ouvido: “Relaxa, seja quem você é”.

Ao fim do segundo bloco, Guilherme Afif só tinha uma preocupação. “Quanto está o jogo do São Paulo?” Questionado pela coluna onde ele preferia estar se no estúdio da Band ou no estádio do Morumbi, o vice de Alckmin apontou para a arena: “Eu preferia estar nesse jogo”.

Marisa Letícia e sua inseparável nora Marlene representaram Lula. Passaram o debate na plateia, sentadas ao lado de Marta Suplicy.

Entre os ilustres que apareceram por lá, Fernando Meirelles assistiu, pela primeira vez, a um debate ao vivo. E foi também prestigiar a filha Cacá Meirelles, que é fotógrafa da campanha de Marina. Depois do debate Carlos Eduardo, 18, neto de Plínio de Arruda Sampaio estava exultante. “Meu vô é o assunto mais comentado do Twitter”. Ele tinha razão.

PAULA BONELLI

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: