Ecos da Flip

Sonia Racy

05 de agosto de 2014 | 01h03

Jorge Edwards comentou o caso Santander durante sua passagem pela Flip. O escritor e diplomata chileno afirmou que, em diplomacia, é preciso “pensar antes de falar”.

Para ele, a reação do Brasil ao caso foi “excessiva”. Também lembrou que “a diplomacia demanda uma certa serenidade no trato da situação”.

Ecos 2

Edwards ponderou, no entanto, que o técnico do Santander apresentou sua análise “de maneira tosca”. “Ele não se deu conta de que estava falando de um tema sensível, a reeleição da presidenta”, declarou, embora concorde com o informe. “Se sobem as pesquisas de um governo de esquerda, as bolsas de valores caem. Isso até uma criança sabe.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.