Economy class

Sonia Racy

18 de maio de 2010 | 08h26

Marina Silva recusou oferta de Guilherme Leal. Não usará o jato de seu vice na campanha e sim avião de carreira. E apenas alugará aeronave em caso de emergência de agenda.

Leal, aliás, demorou cinco meses e 27 dias para confirmar informação da coluna: a de que teria aceitado ser o vice da candidata verde.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: