Economistas temem PEC Emergencial sem contrapartidas

Sonia Racy

04 de março de 2021 | 00h50

 

Economistas do mercado financeiro apelidaram a PEC Emergencial de PEC do…fim do teto de gastos do governo federal – esse teto foi definido por meio de emenda constitucional em 2016, e vale por 20 anos.  E o que estão temendo esses economistas? Que a possibilidade do Bolsa Família não ser mais contabilizado dentro do teto abra um espaço orçamentário de quase R$ 34 bilhões nas despesas da União.

E perguntam: “Qual garantia teremos de que o Bolsa Família volte para teto em 2022? e “qual a garantia de que os gastos com o Bolsa Família ficarão entre R$ 30 bilhões e R$ 50 bilhões?”.

Pesquisa da XP Investimentos mostra que 77% do mercado acredita que não haverá fatiamento da PEC Emergencial. E que ela será aprovada sem… contrapartidas.

 Injeção 

 O anúncio de Bolsonaro que enviará Ernesto Araújo, para Tel-Aviv, sábado, atrás de remédio milagroso – Israel desenvolveu um spray contra covid-19, em fase inicial de testes – provocou reação dura de Michel Gherman, diretor do Instituto Brasil-Israel.

“Na fase mais mortífera da pandemia no Brasil, fazer isso é investir na imaginação política em detrimento da realidade. Ele deveria sim seguir o modelo de lá, onde 51% da população está vacinada, há lockdown e testes em massa”, afirma o também professor da UFRJ.

Dama para dama 

Fernanda Montenegro gravou a participação no documentário Maria – Ninguém Sabe Quem Sou Eu, sobre Maria Bethânia, no estúdio da sua própria casa, na serra carioca. A atriz leu textos escritos especialmente para a cantora, como o do escritor Caio Fernando Abreu.  O documentário de Carlos Jardim sai no segundo semestre.

 Estranha, a vida 

Um tipo de turismo um tanto quanto mórbido está fazendo sucesso no litoral sul paulista. No fim de semana, pessoas se aglomeravam sem máscara no calçadão de uma praia para bater fotos com um artista fantasiado de…morte.

 64 anos 

Furnas abriu exposição virtual em parceria com o Museu da Pessoa. Protagonistas? Colaboradores, relatando memórias e ligação com a empresa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.