E o Rio volta a vibrar com… Satisfaction

Sonia Racy

23 de fevereiro de 2016 | 00h52

A forte chuva que caiu sobre o Rio uma hora antes do show dos Rolling Stones no sábado, no Maracanã, deixou muita gente apreensiva. Thaila Ayala quase ficou presa em São Paulo – e compartilhou o choro de raiva com seus seguidores do snapchat. Ao final tudo deu certo e ela partiu na van com a turma do festival Meca e da Budweiser. Já Mariana Ximenes chegou no comboio do cineasta Andrucha Waddington, direto das gravações de Os Penetras 2, ao lado do namorado Filippo Cattaneo Adorno.
Aos 72 anos, Mick Jagger andava e dançava inquieto pelo palco, em show impecavelmente gerido pela T4F. Arrancava gritos de homens e mulheres. “Gostoso” era o que mais se ouvia. Emanuelle Araújo, acompanhada da amiga Luana Martau, estava entre as extasiadas. Do outro lado do vip circulavam Candé Salles e a namorada Renata Mader, Dudu Azevedo, Erika Mader, Bruno Gagliasso com Giovanna Ewbank e Pedro Andrade, que chegou dos States no próprio sábado e não quis perder a chance.
Paula Lavigne e Caetano Veloso, que acabam de reatar o casamento após dez anos separados, mais Marisa Monte, ficaram em espaço ao lado da house mix, onde se controlam o som e a luz da banda, dentro da pista premium. Paula se dizia impressionada ao ver que “nada é fake” ali. “O Mick é muito real, muito bacana. E você vê no palco: não tem uma plástica, são eles mesmos”.
Duas horas depois, o Maracanã inteiro estava tomado pela vitalidade dos Stones.
E já era quase meia-noite quando a banda encerrou com Satisfaction. Hora de voltar… pra casa? Não. Em um dos restaurantes junto à piscina do Copa – onde a banda se hospedou – montou-se uma festinha. Coisa rápida. Jagger ficou menos de meia hora. Lá circularam Vanessa da Mata e a irmã Sofia Ferreira, além de algumas modelos.
Em SP, Jagger deve ir, entre outras festas, atrás das dicas de restaurantes que lhe passou uma amiga. O Dom, de Alex Atala, está entre eles. / PEDRO HENRIQUE FRANÇA

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.