É o canal, estúpido!

Sonia Racy

11 de junho de 2016 | 00h24

Ao pedir cooperação do Panamá para investigar o caso Petrobrás/Odebrecht, o Ministério Público da Suíça acabou tropeçando na conta do ex-presidente Ricardo Martinelli e dois de seus filhos.

Acabou descobrindo uma triangulação de contas entre Brasil, Panamá e Suíça.

Que está sendo detalhada.

É o canal 2

O fato é que o Panamá acabou aderindo, há pouco tempo, ao Foreign Account Tax Compliance Act, conhecido pela sigla Fatca. Criado para descobrir contribuintes americanos que enviam dinheiro para fora de seu país para não pagar impostos.

E como foi que os EUA conseguiram que o Panamá, que já foi um paraíso fiscal, aderisse ao programa? Os americanos acenaram com financiamento a um novo “canal do Panamá”… na Nicarágua.

Canal 3

Por falar em recursos ilícitos, um conhecido escritório de advocacia criminal atesta que tem 70 clientes brasileiros na bica de regularizar capital externo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: