…e no mar

Redação

10 de setembro de 2009 | 08h20

Mas, antes que esse turismo seja recriado, as unidades de conservação têm que estar preparadas para o movimento. Afinal, ele tem ser sustentável, para preservar a “floresta amazônica” que existe debaixo d’água.

A mesma água, aliás, que abriga a melhor qualidade de petróleo brasileiro.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.