É fogo!

Sonia Racy

21 de dezembro de 2012 | 01h05

Andou para trás o combate a incêndios florestais no Brasil em 2012. O número de focos está quase batendo o recorde histórico de 2010 – 1,158 milhão – e já é praticamente o dobro do registrado no ano passado.

A 10 dias do fim do ano, os satélites do Inpe flagraram 1,078 milhão de queimadas no País.

Fogo 2
O que mais preocupa os técnicos do Inpe é o fato de que, em 2011, o número de queimadas havia caído para 576.592. Ou seja, o quadro atual mostra que houve um retrocesso.

Principais causas do novo aumento? Falta de fiscalização, expansão agrícola e a estiagem – muito severa em 2012.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.