É do povo

Sonia Racy

08 de novembro de 2012 | 10h17

Carlos Miguel Aidar comemora: o advogado do São Paulo acaba de conseguir quebrar o registro, no Inpi, da expressão “sócio-torcedor”. Agora, todos poderão usar o termo sem pagar royalties.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.