“É-dificil”

Sonia Racy

08 de maio de 2012 | 16h07

No Brasil para desenhar casas para empreendimento de luxo do Grupo Espírito Santos, na área da Quinta da Baroneza, o arquiteto italiano Piero Lissoni conta ter vontade de abrir um escritório por aqui. Mede a possibilidade por meio de conversas com seus amigos brasileiros Isay Weinfeld e Marcio Kogan.

Quer saber se vale a pena.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.