Dúvida cruel

Sonia Racy

01 Setembro 2015 | 00h18

Pelo meio tributário, circulam dúvidas sobre a proposta orçamentária deficitária do governo para 2016, entregue ao Congresso. “Ela pode ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal”, diz fonte tributária.

Mas segundo Raul Velloso, uma dos maiores especialistas em contas públicas do País, ela fere mesmo é o bom senso. “Não precisa estar na lei. É a mesma coisa que dizer que dois mais três são cinco. Trata-se do maior absurdo que já vi nesta minha longa vida orçamentária.”