Dúvida cruel

Sonia Racy

30 de abril de 2013 | 01h08

Críticos da PEC que proíbe o MP de investigar desdenham de recado recebido semana passada, no Congresso, de que precisam negociar logo com a polícia – pois há votos suficientes para a aprovação.

Acham que é puro blefe. “Se há apoio, por que não aprovam logo?”, indaga fonte da cúpula do órgão.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: