Dureza

Sonia Racy

11 de agosto de 2012 | 01h04

Há um mês, Dilma fez Miriam Belchior chorar. A ministra apresentou planilha de aumento para funcionários públicos e recebeu um sonoro ‘não’. Acompanhado de termos impublicáveis.

O tempo passou, e Dilma voltou de Londres admitindo aumento entre 3% e 5% – para, depois, refeitas as contas, voltar à estaca zero.

Tendências: