Dura, a vida

Sonia Racy

26 Julho 2015 | 01h03

As subsidiárias da Petrobrás estão cortando na pele.

Começaram um processo de “devolução”, para a holding, de milhares de funcionários cedidos. Muitos não estão conseguindo cargos de chefia em suas áreas de origem, o que significa que a tendência dos gastos em folha salarial do grupo é de encolher.

Sem contar a dispensa de milhares de terceirizados.