Dublê de corpo

Sonia Racy

06 de julho de 2013 | 01h06

Maitê Proença quase teve de parar sua peça no meio – anteontem, na Faap. Tudo porque uma senhora, na plateia, fez questão de “dublar” quase tudo o que se passava no palco. Chegando a cantar e até… cacarejar.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.