Duas exposições brazucas entre as 15 mais do planeta

Sonia Racy

04 Janeiro 2017 | 00h30

A exposição Calder e a Arte Brasileira, apresentada pelo Itaú Cultural de agosto a outubro, foi apontada pelo site Hyperalergic, um dos oráculos contemporâneos das artes visuais na web, como uma das 15 melhores exposições de 2016 no mundo.

E há outra brasileira na lista: a mostra Goeldi/Jardim: a Gravura e o Compasso, exibida pelo MAC-USP.

Martelo batido

Apesar da crise e dos cortes de gastos, a Secretaria estadual da Cultura está empenhada em manter, em 2017, os programas com foco social – como o Projeto Guri.

Que, segundo o secretário José Roberto Sadek, recebeu R$ 86,6 milhões – o que garante o atendimento de 51 mil jovens em 291 cidades.

Jamaica por aqui

A Arqueiro lança em março O Sol também É uma Estrela, da jamaicana – e best-seller do NY Times – Nicola Yoon.