DRU

Sonia Racy

26 de agosto de 2015 | 01h06

Ao saber que Michel Temer poderia deixar a coordenação política, Joaquim Levy lhe telefonou na sexta-feira. E se tranquilizou. O vice disse que vai brigar pela aprovação da emenda que renova a DRU – Desvinculação das Receitas da União. Essencial ao governo.

Outro lado

Temer também confidenciou a um interlocutor que nunca se sentiu sabotado por Aloizio Mercadante. Ainda que, algumas vezes, a rapidez das decisões da coordenação política não tenha sido acatada pela Casa Civil.

Mercadante, aliás, estava muito preocupado com a possibilidade de perder o apoio de Temer no imbróglio político do governo.

Meio caminho

Temer se concentrou ontem, durante reunião com lideranças partidárias, na ordem das… votações das próximas medidas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.