Dormente

Dormente

Sonia Racy

25 de março de 2014 | 01h10

Foto: Divulgação

O projeto do trem-bala que ligará SP, Rio e Campinas ficou para… depois das eleições. Tudo porque, segundo alta fonte do Ministério dos Transportes, só a Alstom se mostrou interessada.

Trata-se justamente da empresa francesa hoje centro de preocupação dos tucanos. “Por que trazer o problema para o colo do governo Dilma?”, justifica a mesma fonte.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.