Doria leva assessores para almoço de surpresa no centro     

Doria leva assessores para almoço de surpresa no centro     

Sonia Racy

06 Janeiro 2017 | 15h18

Prefeito na Sé. FOTO: Pedro Venceslau/Estadão

Prefeito na Sé. FOTO: Pedro Venceslau/Estadão

O prefeito João Doria está dando trabalho para seus assessores diretos. Depois de começar o mandato varrendo a rua vestido de gari, de multar secretários que chegam atrasados e dar ‘incertas’ em equipamentos públicos no meio do expediente, o tucano adquiriu o hábito de sair caminhando sozinho pelo entorno da Prefeitura para sentir o humor das ruas.

Na última quinta-feira, a coluna flagrou Doria tomando um suco em uma padaria próxima ao Viaduto do Chá  acompanhado de seu chefe de gabinete, Wilson Pedroso  Jr, e do vice prefeito, Bruno Covas. No caminho de volta, o prefeito seguiu os rituais de campanha: tirou selfies com um cantor de rua, respondeu a perguntas de um corretor da bolsa e interagiu com garis.

Na sexta-feira, o tucano surpreendeu novamente e decidiu ir andando até um restaurante no calçadão. Nessa sexta-feira (6) ele foi a pé até um restaurante por quilo japonês na rua José Bonifácio. Sentou-se em uma mesa compartilhada e tirou selfies entre um sushi e outro.

“É a terceira vez em cinco dias que faço isso. Não havia nada programado. Quando abriu um espaço na agenda eu disse: ‘vamos descer’”, contou o prefeito ao Estado. Ele rebate os críticos que o chamam de populista. “Eu sou um servidor público. Como servidor quero ser igual, e não um servidor superior. Amanhã estarei de vassoura na mão da Avenida Paulista”. /PEDRO VENCESLAU  

Doria e Bruno Covas em bar no centro. FOTO: Pedro Venceslau/Estadão

Doria e Bruno Covas em bar no centro. FOTO: Pedro Venceslau/Estadão