Dona de si

Sonia Racy

13 de julho de 2010 | 23h05

A Defensoria Pública está comprando uma briga com os homens da capital paulista. Quer livrar as mulheres – ao fazer laqueadura pelo SUS – de apresentar termo com consentimento do marido.

Procurada pela Defensoria, a Secretaria Municipal de Saúde manifestou-se contrária à retirada da exigência, com base na Lei de Planejamento Familiar.

Providências jurídicas estão sendo estudadas.

Tendências: