Dois lados

Sonia Racy

14 Julho 2015 | 01h04

Embora concorde com a bandeira de candidatura própria do PMDB à Presidência em 2018, Pezão não deixa de defender a aliança PT-PMDB.

Ao comentar o jantar que reuniu a cúpula de seu partido na sexta, no Rio, o governador justificou: “Dilma não merece o que estão fazendo com ela. Se o PMDB ajudou a elegê-la, tem também que ajudá-la a governar.”