Dois em um?

Sonia Racy

08 de abril de 2015 | 01h03

As cúpulas do PTB e do DEM se reuniram anteontem no Rio, na casa de Cristiane Brasil, filha de Roberto Jefferson e presidente do primeiro, para levar adiante os detalhes da fusão entre ambos.

Depois de uma tarde inteira de debates acalorados – entre os presentes, estavam Campos Machado, Benito Gama, José Agripino Maia e José Carlos Aleluia –, ficou definido que a união acontecerá mesmo contra a vontade de Ronaldo Caiado, líder do DEM no Senado.

Tanto que as executivas estaduais provisórias já estão sendo montadas. O novo partido fica com o nome PTB e com o número 25, que é do DEM.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: