Dogfight

Sonia Racy

29 de março de 2012 | 01h08

A Anac deve examinar hoje a papelada pedindo desclassificação do consórcio vencedor da licitação de Viracopos.

Inclusive, segundo fontes do setor, a acusação levantando suspeitas sobre atestado dado por uma das empresas do consórcio: a Egis francesa. Ela assinou documento afirmando não ter apresentado várias certidões negativas exigidas (dívida trabalhista, débito junto à previdência, falência e concordata), porque isso não existe na França.

A Odebrecht, líder do consórcio contestador, enviou exemplos para provar o contrário.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.