Doce lar

Sonia Racy

27 de setembro de 2010 | 23h08

Roberto Minczuk aceitou. Rege em novembro, no Municipal do Rio, dois recitais em homenagem aos painéis Guerra e Paz, de Candido Portinari, instalados na sede ONU, em NY, desde 1957. As obras serão “importadas” temporariamente para cá.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.