Do vizinho 2

Sonia Racy

14 de fevereiro de 2011 | 23h09

A dimensão da transformação é tão grande que Ali adverte entusiastas para o fato de que só o movimento popular não basta: “As massas egípcias surpreenderam a todos. Contudo, só isso não é suficiente. É necessário um milagre de organização”.

E conclui: “A remoção de Mubarak sozinho, sem quaisquer outras reformas, se resume apenas a um triunfo político para região”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.