Do tio Sam

Sonia Racy

09 de agosto de 2013 | 01h03

John Kerry, que chega terça-feira ao Brasil, não dará entrevistas. Motivo? Não quer falar sobre o caso Snowden. O secretário de estado americano tem boas lembranças do Brasil. Foi aqui que conheceu sua mulher, Teresa Heinz Kerry, durante a Eco-92. Até arrisca algumas palavras em português.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: