Do lado de lá

Sonia Racy

06 Outubro 2015 | 01h05

A Parceria Transpacífico – o maior acordo comercial do planeta, anunciado ontem pelos EUA, Japão e mais nove países – terá impacto marcante na América Latina. A opinião é de Rubens Barbosa, que foi por muitos anos embaixador em Washington.

México, Chile e Peru fazem parte da aliança, que engloba nada menos que 40% do PIB mundial. “E o Brasil se apegou a negociações bilaterais via Mercosul que não levaram a nada”, resume.

O País poderia ter pedido para entrar? “Preferiu não o fazer, pelas escolhas equivocadas do governo petista.” O resultado dessa escolha, diz Barbosa, está nos números. “As exportações do Brasil para os EUA são hoje maiores do que para o Mercosul…”