Dividida

Sonia Racy

31 de agosto de 2011 | 12h10

Está ameaçada a votação, durante a reunião de hoje da diretoria colegiada da Anvisa, que decidirá sobre a retirada ou não do mercado da sibutramina e das anfetaminas – utilizadas no tratamento de obesidade.

Motivos? Um conselheiro ausente e a insistente e intensa pressão do Conselho Federal de Medicina defendendo que todos os inibidores de apetite permaneçam nas prateleiras das farmácias.

A análise da matéria poderá ser adiada.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: