Discrição

Sonia Racy

03 Janeiro 2015 | 01h01

Questionada pela coluna – pouco antes da foto oficial com Dilma– sobre o que um ministro não deve fazer jamais, Kátia Abreu, uma das mais empolgadas da tarde, não se fez de rogada: “Não pode querer aparecer mais do que a presidenta”.