Direto de Miami

Sonia Racy

26 de agosto de 2011 | 23h01

Paula Barreto havia prometido um roteiro perfeito para entregar a Sonia Braga. Revelou à coluna, em Miami, durante o Brazilian Film Festival, que encontrou. Acaba de comprar os direitos de A Casa dos Budas Ditosos, que terá roteiro do próprio autor, João Ubaldo Ribeiro. Direção? O escolhido foi Roberto Talma.

E Fabio Barreto começa a recuperar os movimentos das mãos e do tronco. O diretor de Lula, o Filho do Brasil está em coma desde dezembro de 2009, quando sofreu um acidente de carro.

Adriana Dutra, da produtora Inffinito, lança em setembro o Midiafundmarket, site de crowdfunding voltado exclusivamente ao mercado audiovisual. Como funciona? Produtores postam seus projetos e buscam gente interessada em patrociná-los. “Uma alternativa para pequenos e médios investidores”, explica.

Assunto mais comentado do festival? O furacão Irene. Toniko Melo, diretor do filme VIPs, andava tão nervoso que até ameaçou “fugir” para NY. Ou seja, justamente para onde a tempestade está indo… Por aqui, a “moça” só assanhou o mar e provocou um dia inteiro de chuva.

Convidados que seguiam de van para a exibição de filmes do festival testemunharam o terror de Ney Latorraca. “Gente, me convidaram para gravar um programa dia 11 de setembro… em Nova York”, anunciou, quase saltando da poltrona. E emendou: “Acho que não vou, não! Vou tentar transferir para dia 10 ou dia 12”.

Maria Arlete Gonçalves, presidente do júri do festival, machucou o pé. E teve de voltar para casa antes do fim do evento. Vai acompanhar tudo à distância.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: