Direto de Interlagos

Sonia Racy

28 de novembro de 2011 | 23h01

José Sérgio Gabrielli passou pelo Paddock mais rápido que Mark Webber. O presidente da Petrobrás deu uma volta na área VIP em ritmo de treino e não quis comentar o caso Chevron, sócia da estatal na Bacia de Campos.

Piquet pai acertou o prognóstico: deu Vasco sobre o Flu. Já Nelsinho… garantiu à coluna que Vettel “ganharia fácil” o GP de Interlagos.

Estreante no circuito, Fabiana Murer torcia pelos brasileiros – em vão – e disse estar confiante em ganhar uma medalha olímpica em Londres, ano que vem. Vitaly Petrov, seu técnico, é o ex-preparador da supercampeã Yelena Isinbayeva. “Estou com o melhor.”

Ronaldo foi com os filhos Ronald e Alex ao box da Williams. E nem viu Piquet desfilar com bandeira do Vasco pela pista. “Estava com o Rubinho. Corintiano com corintiano, né?”

Discreto, braço da família real Saudi compareceu. A delegação do Bahrein, liderada pelo sheik Abdullah al Khalifa, gostou tanto de Sampa que quer voltar para passar… mais 30 dias.

/DANIEL JAPIASSU

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: