Direto de Curitiba

Redação

31 de outubro de 2009 | 06h19

Alguns dias depois de relacionar o câncer de mama “ao pessoal que faz a parada gay”, Requião aceitou explicar-se, num discurso, anteontem, na Assembleia. “O Guilherme Afif, aqui presente, me aconselhou a dizer que estou com um problema no seio do meu governo…”

A gargalhada foi geral.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.