Direto da Suíça

Sonia Racy

11 de dezembro de 2015 | 01h40

Deu ontem no jornal suíço Le Temps: o Credit Suisse estaria oferecendo pouco mais de 1 bilhão de euros pelo BSI, em Lugano, pertencente ao BTG.
Quem conhece bem o mercado suíço não acredita que os acionistas do BTG vendam o banco por esse valor, considerado baixo. E alerta que há um banco chinês no páreo.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: